RSS
 

UM SONHO POSSÍVEL

Benedicto Ismael C. Dutra
10/04/2010



Baseado em uma história verídica, o filme "Um Sonho Possível", do diretor John Lee Hancock, que este ano premiou Sandra Bullock com o Oscar de melhor atriz, mostra como um adolescente negro americano, nascido num ambiente promíscuo, daqueles que nos fazem temer pelo futuro da espécie humana, encontra o caminho para a superação. Em meio a pessoas viciadas em drogas e embrutecidas, o jovem Michael Oher (Quinton Aaron) sente que não faz parte daquela vida degradante, e se mantém firme em seu modo de vida responsável.
 
Mesmo  com o sofrimento e a penúria em que vive, Michael não se deixa contaminar pela maldade à sua volta.
 
Muitas vezes nos afligimos diante de consequências trágicas, mas raramente nos esforçamos em examinar suas causas. Infelizmente, esse é um fato que se repete em tudo na vida, pela qual vamos passando sem o devido cuidado e sem prestar atenção aos sinais que recebemos, comportamento que pode nos levar a perder oportunidades de crescimento.
 
Com a ajuda de um vizinho, o jovem Michael consegue ser admitido em uma escola particular por meio de uma bolsa de estudos, mas permanece vivendo como sem-teto, e assim, as cicatrizes dos traumas o mantém apático e sem interesse pelas aulas. Sem ter onde dormir, perambula pelas ruas quando Leigh Anne (Sandra Bullock) uma mulher de família rica, de personalidade forte, generosa e inteligente, sensibilizada com o sofrimento do moço, tem a intuição de ajudá-lo, acolhendo-o em casa, indicando um sentido para a sua vida, dando-lhe inspiração, confiança e esperança.
 
Michael tinha o íntimo generoso. Tocado pela bondade da família que o recebe como um filho, tem o seu caráter fortalecido e seu cérebro começa a raciocinar com mais clareza. Ao encontrar a solidariedade vinda do coração de Leigh Anne, juntamente com a aceitação por parte de seu marido e seus filhos, o coração de Michael fala mais alto e ele busca o caminho da superação. Incentivado pela família, adquire interesse pelos estudos, cuida do corpo fazendo exercícios e caminhadas e se torna um bem-sucedido jogador de futebol americano.
 
Para conseguir atingir as notas necessárias para entrar na universidade, Michael conta com o apoio da família e dos professores, e se dedica para vencer suas dificuldades nos estudos. O filme transmite, por meio destas situações, o valor da educação. Leigh Anne sempre lê estórias inspiradoras para os filhos e os leva à uma das livrarias do grupo Border, onde eles se divertem e se aproximam dos livros. Assim também ela faz com Michael. Além disso, o filme mostra alunos lendo e estudando na Biblioteca da escola. Desta forma, aos poucos, a idéia da fundamental importância dos livros e dos estudos no desenvolvimento dos seres humanos vai sendo redespertada entre o público. É gratificante ver no cinema, mais uma vez, uma mensagem de superação e um exemplo que valoriza a importância da leitura e da educação na vida dos jovens, mostrando que a melhora é sempre possível.



Benedicto Ismael Camargo Dutra é graduado pela Faculdade de Economia e Administração da USP, faz parte do Conselho de Administração do Prodigy Berrini Grand Hotel e é associado ao Rotary Club de São Paulo. É articulista colaborador de jornais e realiza palestras sobre temas ligados à qualidade de vida. É também coordenador dos sites www.vidaeaprendizado.com.br e www.library.com.br, e autor dos livros: “Nola – o manuscrito que abalou o mundo”;“2012...e depois?”;“Desenvolvimento Humano”; “O Homem Sábio e os Jovens” ,“A trajetória do ser humano na Terra – em busca da verdade e da felicidade”; e “O segredo de Darwin - Uma aventura em busca da origem da vida”(Madras Editora). E-mail: bicdutra@library.com.br; Twitter: @bidutra7
Enviar um Comentário:

Nome:
Email:
  Publicar meu email
Comentário:
Digite o texto que
aparece na imagem:

Vida e Aprendizado 2011.
Reproduçao total ou parcial do conteúdo deste site deverá mencionar a fonte.