RSS
 

RESISTIR COM CORAGEM

Benedicto Ismael C. Dutra
03/12/2008



Em sua existência terrena o ser humano deve ser forte e buscar com tenacidade a realização de suas metas, pois a natureza coloca à nossa disposição tudo de que necessitamos para uma sobrevivência condigna. Devemos, porém tomar cuidado para não prejudicarmos o próximo ao satisfazer nossos desejos.

Por mais aflitivas que sejam as condições, nós temos que ser lutadores até ao último momento sem perder o equilíbrio emocional, pois viver é lutar para que possamos preencher a finalidade de alcançar o caminho da evolução através da existência num corpo terreno. Contudo, a mente humana desconectada da intuição é facilmente influenciável. Atualmente predominam as mensagens caóticas e derrotistas, procedentes do mundo das trevas, que levam os seres humanos a acreditar que a vida é ruim mesmo e que a morte é o alivio através do qual tudo se acaba.

Temos que estar vivos e ativos na Criação para não sermos como sombras mortas sem perseverança, sem visão da vida. No livro a Arte de Comandar, o Professor Francesco Alberoni mostra com muita propriedade a sedução para a desistência de lutar para por fim à tensão. Tomando como exemplo um curta-metragem de Akira Kurosawa, o Professor descreve a importância e necessidade da resistência com base na esperança. “Alguns soldados são colhidos pela tempestade. Um grande cansaço se apossa deles, uma necessidade irresistível de abandonar-se, de adormecer. Kurosawa representa a tormenta como uma mulher lindíssima, que toma cada soldado nos braços, envolve-o em véus quentes, embala-o em seu seio e o faz adormecer. E o sono significa a morte. Mas eles resistem, encolhem-se juntos, aquecem-se mutuamente e, pela manhã, quando a tempestade acaba e o sol aparece, percebem que o acampamento está ali ao lado a poucas centenas de metros.”

Quando algo nos aflige, não podemos deixar que o pânico e o desespero tomem conta de nosso ser, mas sim devemos manter o ambiente iluminado, livre da influência dos pensamentos e sentimentos negativos. Temos que examinar a situação com serenidade, evitando ficar cismando com pensamentos obsessivos, para que a intuição possa se elevar e receber a Força da Luz e o auxílio para a solução.

Deveremos sempre ser lutadores para atingirmos nossas metas e nossos ideais buscando sempre novas soluções, desde que não provoquemos sofrimentos ao próximo, fugindo da inconstância, da hesitação e da indolência. Assim a vida se tem tornado cada vez mais vazia, sem sentido, porque o ser humano desconhece o significado dela. Desistiu de procurar, pois que na busca iria se tornar personalidade individual, o que não era do agrado dos manipuladores das massas em beneficio próprio.

Tudo na vida tem solução, desde que saibamos caminhar favoravelmente no sentido das leis da Criação. Temos que ser fortes para resistir e sábios para encontrar as soluções, escapando do medo que se espalha pelo mundo, medo do futuro incerto que nos aguarda como resultado das ações humanas divorciadas do sentido da vida.



Benedicto Ismael Camargo Dutra é graduado pela Faculdade de Economia e Administração da USP, faz parte do Conselho de Administração do Prodigy Berrini Grand Hotel e é associado ao Rotary Club de São Paulo. É articulista colaborador de jornais e realiza palestras sobre temas ligados à qualidade de vida. É também coordenador dos sites www.vidaeaprendizado.com.br e www.library.com.br, e autor dos livros: “Nola – o manuscrito que abalou o mundo”, “O segredo de Darwin”,“2012...e depois?”;“Desenvolvimento Humano”; “O Homem Sábio e os Jovens” e “A trajetória do ser humano na Terra – em busca da verdade e da felicidade (Madras Editora)”. E-mail: bicdutra@library.com.br; Twitter: @bidutra7
Enviar um Comentário:

Nome:
Email:
  Publicar meu email
Comentário:
Digite o texto que
aparece na imagem:

Vida e Aprendizado 2011.
Reproduçao total ou parcial do conteúdo deste site deverá mencionar a fonte.