RSS
 

EDUCAÇÃO E ESCOLAS

Benedicto Ismael C. Dutra
25/06/2011



Que tipo de ser humano queremos formar?

Atualmente as novas gerações são conformistas, individualistas, avessas a esforços intelectuais, impacientes, sem profundidade, culturalmente rasas e prioritariamente direcionadas para o consumismo. Temos de reverter essa situação planejando mais amplamente o trabalho da escola e da educação, para que as novas gerações tenham potencial criativo, capacitação para uma convivência pacífica, tornando-se aptas para enfrentar os grandes desafios da vida. Destacamos alguns itens que devem ser considerados em primeira linha para alcançarmos um aprimoramento do ensino no Brasil:

Creches – Necessitamos suprir as deficiências decorrentes da desestruturação familiar através do aumento de vagas e preparo das educadoras. As crianças precisam de alimentação adequada, atividades, incentivos para atividades lúdicas inteligentes.

Natureza – As crianças devem ser orientadas para perceber a beleza e a atividade criativa da natureza e sua harmonia. As florestas, rios e montanhas. A ciência dissociada da natureza, não consegue produzir os resultados benéficos que deveria. O Brasil deve aproveitar todas as potencialidades que a natureza nos permitir, respeitando-a.

Consideração Humana e boa convivência – Necessitamos do convívio alegre com respeito e consideração pelo outro.

Leitura e Artes – Como criação humana a arte expressa valores estéticos, beleza, equilíbrio, harmonia, sintetizando emoções, sentimentos e cultura. Apresenta-se sob variadas formas como: artes plásticas, literatura, música, escultura, cinema, teatro, dança, paisagismo, arquitetura, etc. Evidentemente, bem conduzidas, as crianças deverão ter sua curiosidade despertada. Enfim, a arte é a mais nobre manifestação da alma de um povo.

Educação Física e Saúde – Incluir como atividade de lazer e saúde, para o bom desenvolvimento físico e mental das novas gerações.

É também de fundamental importância o papel da família, seja na valorização da educação para exigir do governo os investimentos necessários para a melhora continuada do ensino, seja no incentivo aos filhos para estudarem com afinco e lerem mais horas do que passam assistindo TV.

Tais itens, acima mencionados, são imprescindíveis para a formação de gerações dispostas e aptas para contribuir na formação de um mundo melhor. A pesquisa da eficácia desses itens e o planejamento de sua aplicação no ensino, devem estar inseridos em todos os níveis e com sincronia entre o governo federal, estadual e municipal.




Benedicto Ismael Camargo Dutra é graduado pela Faculdade de Economia e Administração da USP, faz parte do Conselho de Administração do Prodigy Berrini Grand Hotel e é associado ao Rotary Club de São Paulo. É articulista colaborador de jornais e realiza palestras sobre temas ligados à qualidade de vida. É também coordenador dos sites www.vidaeaprendizado.com.br e www.library.com.br, e autor dos livros: “Nola – o manuscrito que abalou o mundo”, “O segredo de Darwin”,“2012...e depois?”;“Desenvolvimento Humano”; “O Homem Sábio e os Jovens” e “A trajetória do ser humano na Terra – em busca da verdade e da felicidade (Madras Editora)”. E-mail: bicdutra@library.com.br; Twitter: @bidutra7
Enviar um Comentário:

Nome:
Email:
  Publicar meu email
Comentário:
Digite o texto que
aparece na imagem:

Vida e Aprendizado 2011.
Reproduçao total ou parcial do conteúdo deste site deverá mencionar a fonte.