RSS
 

GERAÇÃO PARA O PROGRESSO

Benedicto Ismael C. Dutra
03/12/2008



A cada geração, mais visível deveria ser o aprimoramento da espécie humana.

Na vida natural, inconscientemente, os animais, sempre buscam o aperfeiçoamento da espécie. Com a espécie humana deveria ocorrer o mesmo, porém de forma consciente, buscando o aprimoramento físico, mental e emocional, como resultado da efetiva evolução, e a cada geração, mais visível deveria ser o aprimoramento mormente na espécie humana.

Afinal, o que é ter filhos? Ter filhos é dar a alguém a oportunidade de nascer neste Planeta. Mas por que alguém haveria de querer nascer neste Planeta que apresenta tantas turbulências? Evidentemente, para que tenha a oportunidade de ter vivências como não poderia ter em nenhuma outra parte.

Até um certo ponto da trajetória humana, foi possível perceber-se um contínuo aprimoramento da espécie, mas houve uma estagnação e ruptura e os seres humanos passaram a viver abaixo do que era esperado, e consequentemente, iniciou-se um ciclo inverso de retrogradação da espécie do qual ainda não conseguimos escapar.

Com tantos recursos disponíveis era de se esperar um salto de qualidade da espécie humana, a começar pela quantidade de filhos. A elevada quantidade de filhos como regra geral é inadequada, a começar pelo maltrato a que fica submetido o corpo da mulher em decorrência das múltiplas gestações. Ademais, não há o necessário preparo para a geração consciente e responsável, pelo fato de que os mecanismos da encarnação em um corpo terreno, em formação no ventre materno, se tornaram estranhos para grande parcela da população.

As mães desempenham preponderância na atração da alma a qual será permitido “vestir-se” com o corpo em formação, por isso mesmo deverão ser cautelosas resguardando-se. Na proximidade do quarto mês de gestação, pode a mãe perceber que impressões lhe causam o filho, se agradáveis ou inquietantes, podendo ainda falar para ele.

Quando paramos nos semáforos e somos abordados por meninas carregando criancinhas no colo, sob sol escaldante, inalando gás carbônico, pedindo esmolas, ficamos pensando como foi possível chegarmos a isso?

Muitas coisas estão fora do lugar. O ser humano não pode ser considerado apenas como mais um fator de produção, por outro lado, precisa por o coração em tudo o que fizer para demonstrar que não é um simples robô facilmente manipulável através de influências sobre a sua mente.

Os seres humanos receberam de presente a Criação para alegrá-la e embelezá-la, mas para onde quer que olhemos, observamos as marcas da destruição, do ódio e do desespero. Lamentavelmente, a educação e a escolaridade não têm sido desenvolvidas como deveriam para a formação de seres humanos de elevada qualidade, aptos a se inserirem adequadamente no mundo da natureza que tudo nos propicia. Ao invés disso optou-se pela sua exploração e dominação sem compreender o seu maravilhoso funcionamento que reflete a perfeição das leis da Criação.

As novas gerações seguem as pegadas de seus geradores, desconhecendo como eles o significado da vida. Não aprendem a se alimentar adequadamente, ingerem bebidas inadequadas. Ao se tornarem adolescentes vão logo sendo encaminhados para a atividade sexual, para o uso de bebidas alcoólicas e outros entorpecentes, desvalorizando-se como seres humanos.

Para o real progresso é indispensável que sejam rompidas as amarras que impedem o surgimento de seres humanos valorosos, que vivam como parte da Criação, vibrando com ela, aprendendo e amadurecendo, auxiliando e construindo de forma benéfica.



Benedicto Ismael Camargo Dutra é graduado pela Faculdade de Economia e Administração da USP, faz parte do Conselho de Administração do Prodigy Berrini Grand Hotel e é associado ao Rotary Club de São Paulo. É articulista colaborador de jornais e realiza palestras sobre temas ligados à qualidade de vida. É também coordenador dos sites www.vidaeaprendizado.com.br e www.library.com.br, e autor dos livros: “Nola – o manuscrito que abalou o mundo”, “O segredo de Darwin”,“2012...e depois?”;“Desenvolvimento Humano”; “O Homem Sábio e os Jovens” e “A trajetória do ser humano na Terra – em busca da verdade e da felicidade (Madras Editora)”. E-mail: bicdutra@library.com.br; Twitter: @bidutra7
Enviar um Comentário:

Nome:
Email:
  Publicar meu email
Comentário:
Digite o texto que
aparece na imagem:

Vida e Aprendizado 2011.
Reproduçao total ou parcial do conteúdo deste site deverá mencionar a fonte.