RSS
 

A TAREFA DAS NOVAS GERAÇÕES

Benedicto Ismael C. Dutra
26/12/2008



As novas gerações são o espelho do mundo, elas refletem o que circula em sua volta…

Dar a vida um sentido é a motivação básica do ser humano. Ele tem de procurar o sentido, no entanto pode ser desviado do rumo tomando direções erradas. Sem um objetivo para viver, a vida fica sem sentido. O sentido deveria provir do íntimo, da essência humana desperta e ativa, a qual exige um estado de permanente alerta para não sucumbir aos engodos que fazem o ser humano estagnar, aderindo por teimosia e falta de análise a sentidos condicionados de fora.

Os indivíduos necessitam de algo em função do qual viver, e por isso mesmo, facilmente se deixam levar por falsos sentidos. A pessoa desperta e consciente não mede esforços para encontrar o propósito e sentido para a vida.

Quando o indivíduo define um sentido para a sua vida as suas energias se voltam para o objetivo, e sua firme vontade o impulsiona para o alvo a despeito de todas as dificuldades que possa encontrar. Aqueles que não conseguem dar um sentido á sua vida acabam caindo vítimas do vazio existencial.

Ao embarcar num cruzeiro de quatro dias pelo litoral Rio – São Paulo, do qual participavam 1.800 estudantes, a jovem Isabella Baracat, de 20 anos, não retornou mais.

Descuido? Teria alguém colocado algo em sua bebida? Abuso na ingestão de bebidas alcoólicas? Perguntas de respostas muito difíceis.

No entanto, algo nos chama a atenção: pessoas que conseguiram dar um sentido a sua vida, não se descuidam, não se deixariam envolver com pessoas que buscam preencher o vazio existencial com bebidas, drogas, noites insones em orgias depravadas próprias de seres humanos embrutecidos, para os quais a vida não vale nada.

Quando temos um propósito e traçamos nosso caminho, reunimos nossas energias e potencialidades para a realização de nossos ideais e não ficamos a esmo como embarcação sem rumo. Nossos pensamentos não se fixam em idéias negativas espalhando-as pelo mundo, pois estarão voltados para o necessário plano de ação.

As novas gerações são o espelho do mundo, elas refletem o que circula em sua volta. A fase como estudantes deveria capacitá-las para se tornarem firmes no propósito de contribuírem para o surgimento de uma sociedade humana melhor, mas ao invés disso se sentem descompromissados envolvendo-se com os mais perniciosos costumes que degradam a espécie humana.

Aos estudantes, mais do que qualquer outra categoria, deveria caber a incessante busca de propósitos enobrecedores para a vida humana.

No mundo globalizado a vida humana tem sofrido uma grande perda ao ser considerada apenas como mais uma variável do mercado cuja finalidade é contribuir para a geração de lucros, seja produzindo, seja consumindo. Ora, isso é o ápice da desumanização e logicamente tinha que produzir frustrações e seqüelas estapafúrdias e dolorosas. Quem quiser um bom exemplo, assista ao filme “queime depois de ler”, que apresenta um desfilar de personagens inúteis num mundo sem sentido. Não fosse esse aspecto triste, até que o filme é divertido.

Conseguimos chegar a esse lamentável limite: Um mundo sem sentido, repleto de seres humanos vazios, sem naturalidade e sem propósitos. E agora o que fazer? É hora de buscarmos o sentido e o propósito da vida. Não nascemos por acaso, a vida tem valor e significado, mas temos que lutar contra séculos de acomodação e manipulação das mentes. É hora de cada indivíduo por em movimento todas as suas faculdades, só assim poderá se libertar do tédio existencial através do qual as pessoas demonstram que não sabem mais o que fazer com o tempo que lhes foi dado na sua existência terrena.



Benedicto Ismael Camargo Dutra é graduado pela Faculdade de Economia e Administração da USP, faz parte do Conselho de Administração do Prodigy Berrini Grand Hotel e é associado ao Rotary Club de São Paulo. É articulista colaborador de jornais e realiza palestras sobre temas ligados à qualidade de vida. É também coordenador dos sites www.vidaeaprendizado.com.br e www.library.com.br, e autor dos livros: “Nola – o manuscrito que abalou o mundo”, “O segredo de Darwin”,“2012...e depois?”;“Desenvolvimento Humano”; “O Homem Sábio e os Jovens” e “A trajetória do ser humano na Terra – em busca da verdade e da felicidade (Madras Editora)”. E-mail: bicdutra@library.com.br; Twitter: @bidutra7
Enviar um Comentário:

Nome:
Email:
  Publicar meu email
Comentário:
Digite o texto que
aparece na imagem:

Vida e Aprendizado 2011.
Reproduçao total ou parcial do conteúdo deste site deverá mencionar a fonte.