RSS
 

DESPERTAR O EU INTERIOR

Benedicto Ismael C. Dutra
04/03/2013



Temos de fazer um esforço visando o fortalecimento do eu interior, o coração.

Todos nós o possuímos. Está adormecido. Precisa ser despertado para ajudar, agir.

Reflexões ajudam. Pensamentos esvoaçantes atrapalham. Ouvir com atenção, interiorizar as vivências. Tudo conspira contra para que os pensamentos permaneçam na superfície, sem análise, sem interiorização.

Sem a conexão com o eu interior as pessoas agem como robô, preponderando as influências externas nas tomadas de decisões.

O raciocínio trava, mas o eu interior abre o caminho para uma visão mais ampla.



Benedicto Ismael Camargo Dutra é graduado pela Faculdade de Economia e Administração da USP, faz parte do Conselho de Administração do Prodigy Berrini Grand Hotel e é associado ao Rotary Club de São Paulo. É articulista colaborador de jornais e realiza palestras sobre temas ligados à qualidade de vida. É também coordenador dos sites www.vidaeaprendizado.com.br e www.library.com.br, e autor dos livros: “Nola – o manuscrito que abalou o mundo”;“2012...e depois?”;“Desenvolvimento Humano”; “O Homem Sábio e os Jovens” ,“A trajetória do ser humano na Terra – em busca da verdade e da felicidade”; e “O segredo de Darwin - Uma aventura em busca da origem da vida”(Madras Editora). E-mail: bicdutra@library.com.br; Twitter: @bidutra7
Comentários:


B. Dutra comentou em 05/03/2013 - 18:03:53

Sem a conexão com o eu interior as pessoas agem como robô. O eu interior abre o caminho para uma visão mais ampla.Com o eu interior desperto adquirimos visão de conjunto, capacidade de análise e melhor compreensão da situação. Temos de fazer um esforço para o fortalecimento do eu interior e a sua movimentação, como agente da melhora.

Os comentários não representam a opinião do site Vidaeaprendizado, a responsabilidade é do autor da mensagem.
Enviar um Comentário:

Nome:
Email:
  Publicar meu email
Comentário:
Digite o texto que
aparece na imagem:

Vida e Aprendizado 2011.
Reproduçao total ou parcial do conteúdo deste site deverá mencionar a fonte.