RSS
 

MENSAGEM DO GRAAL E A VIDA

Benedicto Ismael C. Dutra
29/09/2013



Escrevi a Mensagem do Graal, que eu ansiava trazer à humanidade.  Essa Mensagem contém o saber da atuação completa da Criação, sem lacunas. Nela os seres humanos reconhecem os caminhos que devem seguir, a fim de alcançarem a paz interior e com isso uma atividade alegre já aqui na Terra.” (Abdruschin).

Abdruschin, pseudônimo do escritor alemão Oskar Ernst Bernhardt (1875 – 1941), publicou muitos livros e artigos destinados a auxiliar a evolução espiritual da humanidade buscadora da Luz da Verdade. Deu ênfase a textos destinados à compreensão da gravidade daquela época triste do século 20, com guerras, crise econômica, miséria. No entanto, em face à continuada decadência espiritual da humanidade, nada foi como poderia e deveria ter sido. Os elevados valores deixaram de ser aproveitados na melhoria das condições de vida e progresso espiritual.

Ao fazer as escolhas que fez, conforme seu livre arbítrio, a humanidade perdeu a oportunidade de resgatar e se libertar dos erros milenares para alcançar a condição verdadeiramente humana; tendo permanecido sintonizada nas concepções erradas, mantendo a tendência de preparar um futuro cada vez mais funesto para si, fato que percebemos claramente nos caóticos acontecimentos que observamos diariamente.

Incompreendido e abandonado por aqueles que anteriormente manifestaram o desejo de contribuir para a libertação espiritual da humanidade através da Verdade, Abdruschin ficou decepcionado e percebeu que o ser humano não é digno de confiança, apesar de receber tudo da Luz, inclusive a melhor condução para progredir espiritualmente.

A humanidade prosseguia em sua trajetória decadente. Em 1939, dez anos após a crise da Bolsa de Nova York, eclodiu a Segunda Guerra Mundial.  Exilado pelo governo nazista, impedido de se apresentar em público ou receber seus amigos, Abdruschin procedeu à atualização de sua obra, em três volumes, adequando-a ao novo cenário da humanidade. A Mensagem do Graal foi concebida para conter a essência do atuar das leis da Criação, explicadas sob a Luz da Verdade, e tudo o mais que os seres humanos necessitam para a sua evolução integral.

Solitário, Abdruschin faleceu em dezembro de 1941. Impunha-se proteger a sua obra para que permanecesse intocada diante dos poderosos interesses egocêntricos de influência e domínio sobre a humanidade. A simplicidade e a lógica natural da Mensagem do Graal “Na Luz da Verdade” era uma ameaça ao domínio das doutrinas místicas e dogmáticas.

Nos anos 1950, logo após o término da Segunda Grande Guerra, havia um alvoroço, um período de graças. Muitos seres humanos ansiavam encontrar a Luz da Verdade, buscando a espiritualidade para uma vida melhor, com paz e harmonia. Naquela época, havia muitos obstáculos: interferência da religião, censura velada, dificuldade de acesso aos livros. Hoje em dia, é tudo mais fácil: há mais liberdade, a Internet tornou tudo mais acessível para os pesquisadores. No entanto, os apelos para o consumismo, a luta pela sobrevivência, a queda do nível moral e educacional, acabaram agindo como entorpecentes sobre o indolente ser humano. Quanto mais se reduz o número dos que buscam a Luz da Verdade, mais a vida vai piorando no mundo, e mais se reduzem as possibilidades de paz e harmonia.

A Mensagem do Graal permanece à disposição dos humanos, há décadas, em diversos idiomas, através da atividade de divulgação desenvolvida voluntariamente por aqueles que reconheceram o elevado valor contido nessa obra. Embora se constitua numa verdadeira Universidade Espiritual, ela ainda é pouco conhecida, pois a espiritualidade não tem sido a prioridade na educação para a vida, embora seja a condição essencial para o desenvolvimento integral, elevando os seres humanos e a cultura, capacitando-os para construir um mundo em paz e harmonia. Quando se começa a compreender a Mensagem do Graal, só agradecimento de todo coração ao Criador, deveria ser a nossa prece.



Benedicto Ismael Camargo Dutra é graduado pela Faculdade de Economia e Administração da USP, faz parte do Conselho de Administração do Prodigy Berrini Grand Hotel e é associado ao Rotary Club de São Paulo. É articulista colaborador de jornais e realiza palestras sobre temas ligados à qualidade de vida. É também coordenador dos sites www.vidaeaprendizado.com.br e www.library.com.br, e autor dos livros: “Nola – o manuscrito que abalou o mundo”;“2012...e depois?”;“Desenvolvimento Humano”; “O Homem Sábio e os Jovens” ,“A trajetória do ser humano na Terra – em busca da verdade e da felicidade”; e “O segredo de Darwin - Uma aventura em busca da origem da vida”(Madras Editora). E-mail: bicdutra@library.com.br; Twitter: @bidutra7
Enviar um Comentário:

Nome:
Email:
  Publicar meu email
Comentário:
Digite o texto que
aparece na imagem:

Vida e Aprendizado 2011.
Reproduçao total ou parcial do conteúdo deste site deverá mencionar a fonte.